Feeds:
Posts
Comentários

Archive for setembro \29\UTC 2011

SOLIDÃO NA BALADA

E saibam em primeira mão, meus irmãos. O escritor João Gilberto Noll voltará a participar da Balada Literária (ele esteve na edição de 2009). Com uma novidade: ele apresentará, no palco do Itaú Cultural, às 20 horas do dia 19 de novembro, o sábado, a peça Solidão Continental. O texto é dele e a direção é de Fernanda D’Umbra. Imperdível! Quem viu o espetáculo (que faz parte daquele meu projeto AuTORES EM CENA) na FLIP e no Festival Porto Alegre em Cena sabe do que eu estou falando. Noll arrasa no palco (veja trecho da peça logo abaixo). A entrada é franca. Como tudo na Balada. Outra: na mesma noite, no Itaú Cultural, haverá uma conversa entre Noll, Claudiney Ferreira e Daniel Galera. Eta danado! Mais novidades, aos poucos. Aqui, e, sobretudo, no Face do evento. Fiquem ligados e atentos. Valeu e abraços.

Read Full Post »

À BALADA

Minha página, aqui, à Balada. Assim, corrida. Sem tempo. Minha vida à Balada. Porque o tempo corre. Ave nossa! A toda hora. Porque imaginem a organização disto tudo. Toda força à Balada. Explico: vem aí mais uma edição da Balada Literária. De 16 a 20 de novembro. Na Vila Madalena e também na Avenida Paulista. A sexta vez. E sempre a mesma coisa. Fé à Balada. Porque não há patrocínio oficial. Porque eu me encho de força. À Balada. Eu tenho uma teimosia. Eu procuro os parceiros. Eu imploro. Eu convido a todos. Para a festa. Literatura à Balada. Para a grande celebração. E tudo acaba acontecendo. Por essa parceira. Pela amizade. De todos. Comunhão à Balada. Repito: este ano, a Balada Literária homenageia o poeta Augusto de Campos (foto). Ele estará presente à homenagem. Ele e mais uma centena de artistas. Uma turma toda. Que abala. E faz acontecer. Todos unidos pela causa. À Balada. Agradeço desde já a força. Conjunta. Tudo vai ser um arraso. Acompanhem no Face – tão magistralmente comandado pela Luciana Pennah. E acompanhem também na página do evento. Onde, daqui a alguns dias, estaremos com a programação completa. Sigam a Balada. Cliquem aqui constantemente para saber. E vamos que vamos. Para mais uma emoção histórica. E é isto. No mais, peço desculpas pela longa ausência. Mas voltei. Agora para ficar. E salve, salve. Amém e saravá! À Balada. Que ela é nossa. Ela já vai começar.

Read Full Post »

GRANDE LYGIA

Eta danado!

Que orgulho!

Amanhã, em pleno feriado, às 20 horas, participarei de uma merecida homenagem.

Uma mesa dedicada à querida Lygia Fagundes Telles – ela aqui, em foto de Renato Parada. Ela que foi a grande homenageada da Balada Literária do ano passado.

Pois bem: nesta quarta estaremos eu, Fabrício Carpinejar, Flávio Carneiro e Maria José Silveira no Itaú Cultural da Paulista.

Os quatro entrevistando a grande escritora paulistana e vamos que vamos e maravilha!

Esse papo é só um dos vários que acontecerão de amanhã até sexta-feira, dentro do projeto Encontros de Interrogação.

Veja a programação completa clicando aqui.

A entrada é franca.

É só chegar meia hora antes para pegar senha.

Em tempo: e nesta quinta, irei à Feira do Livro de São Leopoldo. Coordenarei uma rápida oficina por lá e participarei de um debate-papo. Para saber onde estarei na cidade gaúcha, clique aqui em cima. E bom feriado e bom final de semana e beijos na bunda. Fui.

Read Full Post »

EU TAMBÉM TENHO UMA

Hoje, no Espaço Soma, em São Paulo, será aberta uma exposição com imagens do WTC feita por autores de São Paulo. Eta danado! Eu também tenho a minha, não na exposição. Digo: guardada na gaveta. E agora publicada aqui, pela primeira vez. Explico: eu estive em Nova Iorque em junho de 2001. Ou seja: três meses antes da tragédia. Fui ao WTC comprar um creme para uma amiga. A loja ficava no subsolo de uma das torres. Ao sair do metrô, perguntei a um senhor que passava. “Onde fica o WTC?”. Ele apontou. “Ali”. Bem na nossa frente (na viagem, eu estava com a amiga Estela Luz). Daí a foto. Foi essa a primeira imagem que tive dos dois prédios, direto da escadaria do metrô. O nevoeiro encobrindo tudo. E uma estranha luz amarela atravessando a fotografia. Ave nossa! Putz-grila! Depois conto mais sobre isto. Fui e tenho dito. Em tempo: o Espaço Soma fica à Rua Fidalga, 98, pertinho aqui de casa.

Read Full Post »

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 10.003 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: