Feeds:
Posts
Comentários

Archive for novembro \28\UTC 2011

O TOM DA FESTA

Já fez uma semana da Balada Literária e não me esqueço de tantas imagens, tantos impulsos, coisas no juízo. No meu coração vivo. Inesquecível foi, por exemplo, o hino de amor à arte que nos deu o Tom Zé (assista no linque abaixo). Putz grila! Aquilo que ele falou: de que é com as nossas deficiências que construímos a nossa teimosia: música, pintura, literatura. Assim: o Tom Zé abraçado ao violão nos resgatou a autoestima. Tom nos deu o verdadeiro tom. Ele nos explicou, de alguma forma, cantando, como juntos conseguimos fazer a Balada. A duras batalhas, com muito amor. E união. Repito: a imagem do Tom agarrado à tábua (de salvação) de seu violão ficará em minha alma, sempiternamente. Para enfrentar o que virá. Energizado estarei sempre que me lembrar. De que não estou sozinho. Pelas mãos do Tom. Seguirei. E vencerei e saravá! Valeu, grande artista. Abração agradecido a todos que fizeram comigo esta festa. E bora embora. E vamos que vamos nessa. Fui. P.S. Ontem a Ressaca fechou a programação em grande estilo. Valeu Bá, Moon, Mutarelli e Coutinho. Abração, amigos!

Read Full Post »

DIAS AGITADOS

A querida cantora e irmã Fabiana Cozza está lançando seu novo CD. Tem show de hoje até domingo no SESC Vila Mariana. Imperdível! Aproveite para reassistir, abaixo, à apresentação dela, ao lado do cantor e compositor Tiganá, na Balada Literária do ano passado. Imagens de Manu Sobral, etc. e tal. E já estou agorinha correndo para o ensaio (eu em cena ao lado da Dani Nega e da Olívia Araújo) da peça literoteatral Mataram o Salva-Vidas, que acontece hoje, 20 horas, no SESC Belenzinho, sob direção de Antonio Vanfill e Leandro Goddinho. Apareça. E não esqueça de que neste domingo, a partir das 16 horas, tem Ressaca Literária no b_arco, com Gabriel Bá, Fábio Moon, Lourenço Mutarelli e Rafael Coutinho. Inclusive, haverá exposição dos desenhos dos convidados. Valerá a pena. Beberemos umas e vamos que vamos e bom final de semana para todos e aquelabraço grato. Ave nossa! Que dias agitados! Eta danado!

Read Full Post »

ENCONTRO HISTÓRICO II

Jogando a conversa um pouco para o meu lado, outro encontro memorável foi este abaixo (foto idem de Luciana Dal Ri).

Rarará.

Viva e salve, salve, amém e saravá!

Read Full Post »

ENCONTRO HISTÓRICO

Que a Balada Literária 2011 foi repleta de encontros históricos, disso ninguém duvida.

E houve outros encontros, nos bastidores, que tivemos a oportunidade de presenciar.

Divido um deles com vocês: Glauco Mattoso e Caetano Veloso.

Ao lado, em foto de Luciana Dal Ri (notem Augusto de Campos ao fundo).

Acreditem: esta foi a primeira vez na vida em que os dois se encontraram.

Sim, Caetano cita Glauco na música Língua, mas os dois nunca estiveram juntos.

Só o fato de a Balada ter proporcionado este momento único muito me alegra e me entusiasma.

E maravilha e viva!

Read Full Post »

PÓS-BALADA

E eu tenho muita coisa ainda para falar da Balada Literária 2011.

Estou adorando a cobertura feita pelos enviados especiais ao evento, que está rolando lá no Face e beleza!

E minha memória também sabe um monte de coisas.

Deixa eu só descansar para poder contar.

O caso é que, mal terminou a festa, outra começa.

Hoje, no SESC Belenzinho, é o primeiro dia de uma série de encontros com escritores brasileiros chamada Singular Plural.

E lá haverá idem apresentações e performances. Eu fui convidado para fechar a programação na sexta agora, 22 horas, com o espetáculo literoteatral Mataram o Salva-Vidas.

Sob direção de Antonio Vanfill e Leandro Goddinho, estamos em cena eu, Dani Nega e Olívia Araújo (foto acima) interpretando contos meus e viva!

Se der, apareça. A entrada é gratuita.

Para saber o que vai rolar, clique aqui em cima

No mais, reaviso: hoje, 19h30, tem a primeira Ressaca Literária. No Centro Cultural b_arco, eu e o escritor e jornalista Edison Veiga receberemos para uma conversa o escritor angolano Ondjaki.

E vamos que vamos e té e aquelabraço.

Read Full Post »

MESQUITEIROS UNIDOS

Eu não acredito.

Aí eu ressaltei no domingo passado, no encerramento da Balada Literária, da união de todo mundo para a realização da festa.

Aí a gente saiu irmanado dela.

É quando recebo a notícia de que querem acabar com o Sarau dos Mesquiteiros, que há dois anos é realizado pelo professor e escritor Rodrigo Ciríaco (foto).

Tudo porque Ciríaco não é desses educadores frios e distantes. Ele forma cidadãos, artistas, pessoas. Conheço vários dos alunos dele – hoje adultos e maduros. Estive lá na escola duas vezes, inclusive no Sarau.

Putz grila!

A escola não tem que abrir as portas para a comunidade? A escola não tem de ser nossa? Por que essa agora? Não entendo, não posso entender.

Fico puto. E solidário com o amigo. Assim como a Mostra de Artes da Perifeira. Assim como a Balada Literária. Contra tudo e contra todos, o Sarau dos Mesquiteiros tem de acontecer.

Juntos venceremos.

Todos lá no Sarau dos Mesquiteiros, neste sábado, 26 de novembro, a partir das 17 horas. Para mais detalhes, cliquem aqui em cima e aquelabraço.

Fui.

Read Full Post »

BALADA LITERÁRIA 2012

Sem palavras.

O juízo ainda abalado.

Depois conto tudo, rememoro, junto os pedaços.

Porra!

Quem viu viu. E sentiu.

Viva o Augusto!

E vamos à próxima festa.

Convidei o escritor Raduan Nassar (foto) e ele aceitou a homenagem.

A Balada Literária 2012 será a ele dedicada. Aguardem.

E, no mais, abração no coração de todos.

E deixa eu ir ali, dormir – e sonhar mais um pouco.

Fui.

Read Full Post »

VAMOS AO TEATRO

E todo mundo sabe que eu adoro teatro e que um dia eu quis ser ator e que meus contos são adaptados frequentemente para os palcos e que eu já falei, aqui, que a atriz Olivia Araújo (olha ela aí ao lado) está em cartaz todos os sábados, às 19h30, no SESC Ipiranga, com o monólogo escrito por mim, o Rebola, e que vale a pena conferir, e que neste último final de semana fez um sucesso a peça Negro de Estimação, com o ator e bailarino Kleber Lourenço lá no Centro Cultural São Paulo, e que o mesmo espetáculo vai encerrar, sábado, 20 horas, o festival de teatro que está rolando no Espaço Clariô, em Taboão da Serra, quanta emoção, e eu fico supergrato pelo que esses artistas fazem por mim, enfim, sem contar que no sábado que vem, 21 horas, no Satyros II, o ator baiano Gabriel Camões (olha ele aí embaixo) vai participar do DramaMix, dentro das Satyrianas, com o meu texto Amar É Crime, ave nossa, e tem mais, aviso desde já, que no dia 25 de novembro eu mesmo vou estar em cena, numa única apresentação da performance literoteatral Mataram o Salva-Vidas, às 22 horas, no SESC Belenzinho, mas depois eu conto mais sobre isto, sobre aquilo, sobre a peça Solidão Continental, que o escritor João Gilberto Noll vai apresentar no Itaú Cultural, dia 19 de novembro, 20 horas, durante a Balada Literária, Meu Cristo, é muita coisa no meu juízo, mas é bom assim, quanto mais teatro, melhor, evoé, Saravá, salve, salve, muita merda para nos salvar, fui, té já.

Read Full Post »

GRANDE LIRA

Fazia tempo que eu não via o Lirinha.

Aí um dia desses tomamos umas. E ele me deu o seu primeiro CD solo (foto ao lado).

Aí eu viajei e corri trecho.

E só uns dias depois pus o disco para tocar.

Só.

Caralho! Puta que pariu!

Um clássico.

Os sons ali, do Recife e além-mar, redimensionados. A ciranda futura, a festa melódica, o maracatu celeste.

Sei lá.

Letras agudas, afiadas, achados poéticos. E a voz do Lirinha, lírica, dando o tom, certeiro, no “alvo do sol”.

Fiquei feliz e emocionado de ver a reviravolta que ele deu.

A rearrumada do espaço, da casa, da arte.

Respirando, elétrico, em toda parte.

Parabéns, caramigo e irmão.

Para quem quiser dar o download grátis deste “Lira”, acesse aqui.

E mais não digo, enfim, assado, assim.

Fui e maravilha!

” Viajar em estado de calma / e morar em cidades destruídas
Jamais ler seu poema até o fim / A divina comédia humana”

Ave, salve, salve, saravá e viva!

Read Full Post »

PETISCOS

A correria anda grande, às vésperas da Balada Literária 2011, e vamos que vamos. Resolvi, aqui, colocar alguns assuntos em dia. Cinco notinhas para quem acompanha o meu blog. Ou seja: abaixo, alguns petiscos da nossa festa (e de outras festas). A saber:

[1] Hoje o Augusto de Campos e o Cid de Campos seguem juntos para Bruxelas. Adriana Calcanhotto seguirá do Japão para se encontrar com eles. Apresentam-se no festival Europalia. Depois, os três estarão na abertura da Balada, dia 16 de novembro, 21 horas, no SESC Pinheiros.

[2] E por falar nisto, os ingressos da abertura estão quase se esgotando. O showversa “Poemúsica” é a única atração que não é gratuita na nossa festa. Mas os preços são populares. Corra.

[3] E, por motivos pessoais, o escritor e novelista Walcyr Carrasco não virá mais à Balada. Em seu lugar, convidei o amigo e escritor carioca Paulo Lins (foto ao lado). A mesa ficou assim, então: dia 18 de novembro, 11 horas, na Livraria da Vila da Fradique, Índigo e Nelson de Oliveira conversam com o autor de Cidade de Deus e beleza! Agradeço ao querido Lins pela força.

[4] O autor e bailarino Kleber Lourenço (veja pôste anterior) apresenta hoje, às 21 horas, no Centro Cultural São Paulo, o solo Jandira. É grátis. Amanhã e domingo, no mesmo local e hora, ele fará o solo Negro de Estimação, baseado em contos meus. Eu estarei lá. E você? É grátis idem.

[5] Lembrando que a atriz Olívia Araújo (folder abaixo) começará amanhã, 19h30, no SESC Ipiranga, uma temporada, que vai até dezembro, do Rebola, texto meu dirigido por Gabriel Pinheiro. Imperdível idem.

E mais não digo. Um abração no coração de todos.

E fui.

Correr com a Balada e viva!

Read Full Post »

Older Posts »

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 9.679 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: