Feeds:
Posts
Comentários

Archive for abril \29\UTC 2013

COMO VOCÊ

Calma, não é o que você está pensando. Infelizmente. É apenas para dizer como o “como” pode ser mal interpretado na literatura. Comparação é coisa bonita de fazer, é claro. Mas é preciso ter cuidado. Outro dia, em uma livraria, eu vi o seguinte título exposto: “como uma criança”. Será pedofilia? Ave Maria! Meu Cristo! Certa vez, vi um autor escrever: “como uma cadela no cio”. De fato, a cadela estava precisando. E o amigo e mestre Raimundo Carrero sempre cita a frase que um aluno seu escreveu: “como São Jorge no céu”. Ao que ele, irreverente, perguntou ao garoto: “será que é preciso ir tão longe para comer alguém?”. Rarará. Grande Carrero! Mas você, meu amigo e minha amiga, pode estar querendo saber: então, nesses casos, fazer como? Como, enfim, evitar esse duplo sentido? Talvez, quem sabe, usando o “feito”. Por exemplo: “feito um jumento”. E até: “igual uma santa”. Sem sacrilégio! E tantas outras soluções que você poderá descobrir. Experimentar. Como, de fato, um escritor sério. Aliás, faz tempo, não é, querido? Esse nosso amor secreto!

Anúncios

Read Full Post »

DOIS AMIGOS NA PAULISTA

mystique[1]

Este aí de cima é Antonio Nóbrega. Amigo de longa data. É emocionante ver a trajetória dele ali, ocupando o espaço do Itaú Cultural. Fiquei emocionado e com saudades. Das terras pernambucanas e ave nossa! A exposição, montada por Walter Carvalho, ficará até o dia 19 de maio na Avenida Paulista e maravilha! Saiba mais clicando aqui em cima. E também na Paulista, outro queridamigo tem sua obra revisitada. Vi e fiquei igualmente tocado. Trata-se do idem multiartista Manu Maltez. Olha ele aí embaixo. Eta danado! A ocupação com as obras do Manu, sob curadoria de Jacob Klintowitz, ficará até o dia 24 de maio no Espaço Cultural Citi. Saiba mais clicando aqui em cima. E no mais, parabéns aos dois. Vida longa a esses grandes artistas. Salve, salve e viva!

Manu-Maltez-crédito-Mayra-Azzi[1]

Read Full Post »

MINHA RESPOSTA AO FELICIANO

Faz tempo que está no ar uma resposta minha, de alguma forma, ao deputado Marco Feliciano e a todos os que gostam de se meter e perseguir a vida dos outros. Veja linque abaixo. O texto é meu, a narração é de Paulo Cesar Peréio e a criação da animação é de Rodrigo Burdmann. Eta danado! E hoje, por já ter um compromisso com as queridas amigas e escritoras Andréa Del Fuego e Cíntia Moscovich às 20 horas no SESC Araraquara, eu não poderei, infelizmente, participar do ato, às 19 horas, que acontecerá na Praça Roosevelt, com a presença de Jean Wyllys e Laerte, em repúdio à atuação do pastor na presidência da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara. Ave nossa! Que tempos mais primitivos esses em que vivemos.

Read Full Post »

SÓ POETAS

Angélica

Vou perguntar para Angélica Freitas (foto acima), uma das mais festejadas poetas da atualidade, se ela escreve prosa. Embora eu ache a Angélica uma contadora de histórias. De memórias, sei lá. A simplicidade com que ela segue pontuando a fala de sua poesia. A imagem do cotidiano. E maravilha! Sei que Paulo Scott (o cabra da esquerda na foto abaixo), além de poeta, é contista, romancista… Também um dos mais respeitados autores de nosso novo tempo. E aí? Perguntarei para ele: quando você sabe que seu pensamento dará um poema? Ou caberá numa novela? Eta danado! Ao lado, abaixo com o Scott, está Marcelo Montenegro. Ele, não sei se escreve narrativas. Escreve poesias – que costuram caminhos, sons e personagens. Gente na noite, por aí, ave nossa! Esse dedo de prosa que terei com os três acontecerá neste sábado, 18 horas, no Centro Cultural b_arco. Entrada franca. Você está superconvidado. Para participar idem da conversa. E no domingo tem mais: a partir das 15 horas, na sede da Intermeios, teremos o lançamento da loja de autores independentes, e de pequenos selos, e o resultado final do concurso Só Para Poetas, da Edith. Inclusive, os meus três queridos poetas e amigos, de quem falo hoje neste pôste, também irão participar da Festa da Edith no domingo. Meu Cristo! Quanta coisa nesse final de semana! Repito: venha no sábado. Venha também no domingo. E divulgue. E traga sua pergunta na manga. Que será tudo bem bacana. Valeu e té já. Salve, salve, amém e saravá!

ScottMarcelo

Read Full Post »

POETA PARA EDITH

ConviteEdith13

A Edith quer um poeta ou uma poeta. Para lançar ainda este ano. Eta danado! Como todos bem sabem, houve a primeira fase do concurso Edith Só Para Poetas. Foram escolhidos, para a reta final, dez autores, entre quase 150 inscritos de todo o Brasil. Esses dez defenderão seus livros, ao vivo, para um júri formado de três importantes escritores, enfim, assado, em evento neste domingo, a partir das 15 horas. Veja mais detalhes em folder acima. E venha conhecer pessoalmente os finalistas do concurso. A lista dos poetas segue abaixo. E o melhor de tudo isto: é que a Edith sempre gosta de fazer esse intercâmbio, cruzar essas pessoas, mostrar que a literatura pode ser um barato. Uma energia só. Esperando por você. Venha com a gente. E aquele superabraço.

Os poetas selecionados:

– ALEXANDRO FERRAZ
Livro: “Murundu”
São Paulo, SP

– AMANDA BRUNO DE MELLO
Livro: “Por Aqui”
Nova Lima, MG

– BIAGIO PECORELLI
Livro: “Virilha Deserta”
São Paulo, SP

– BIANCA COGIOLLA
Livro: “Afasia”
São Paulo, SP

– DANILO LOVISI
Livro: “(quando silêncio)”
Juiz de Fora, MG

– EDUARDO SILVEIRA
Livro: “Calopsita”
– Joinville, SC

– GUILHERME HENDERSON
Livro: “Dos Meus Poros”
Guará, DF

– JAIRO MACEDO
Livro: “Hoje Não É Dia
para Grandes Homens”
Brasília, DF

– MARCOS BASSINI
Livro: “Pedras”
Rio de Janeiro, RJ

– PIERA PAULA SCHNAIDER
Livro: “Papel Carbono”
Curitiba, PR

Read Full Post »

MINHA ESTANTE VIVA

O pessoal andou me perguntando quais livros eu escolhi para estarem vivos, ali, na estante do SESC Belenzinho – anunciados e comentados no evento de ontem. Pois eis minha lista das trinta obras logo abaixo. E eta danado!

– “A Hora da Estrela”, de Clarice Lispector
– “A Lua Vem da Ásia”, de Campos de Carvalho
– “A Metamorfose”, de Franz Kafka
– “A Rosa do Povo”, de Carlos Drummond de Andrade
– “Bartebly, o Escrivão”, de Herman Melville
– “Cemitério de Elefantes”, de Dalton Trevisan
– “Colecionador de Pedras”, de Sérgio Vaz
– “50 Contos de Machado de Assis”
– “Contos Reunidos”, de João Antônio
– “Crime e Castigo”, de Fiódor Dostoiévski
– “Encontro Marcado”, de Fernando Sabino
– “Estrela da Vida Inteira”, de Manuel Bandeira
– “Eu e Outras Poesias”, de Augusto dos Anjos
– “Falo de Mulher”, de Ivana Arruda Leite
– “Grande Sertão: Veredas”, de Guimarães Rosa
– “Gramática Expositiva do Chão”, de Manoel de Barros
– “Guardar”, de Antonio Cicero
– “Histórias de Cronópios e de Famas”, de Júlio Cortázar
– “Lavoura Arcaica”, de Raduan Nassar
– “Ninguém É Inocente em São Paulo”, de Ferréz
– “O Cão Sem Plumas”, de João Cabral de Melo Neto
– “O Cheiro do Ralo”, de Lourenço Mutarelli
– “O Jogo da Amarelinha”, de Júlio Cortázar
– “Os Malaquias”, de Andréa Del Fuego
– “Os Sertões”, de Euclides da Cunha
– “O Túnel”, de Ernesto Sábato
– “Poesia Reunida”, de Paulo Leminski
– “Pornofantasma”, de Santiago Nazarian
– “São Bernardo”, de Graciliano Ramos
– “Sexo e Amizade”, de André Sant’anna

Read Full Post »

MEUS 30 LIVROS

O SESC Belenzinho me convidou para o projeto Estante Viva, em que cada autor faz uma lista dos trinta livros que mais o influenciaram. Ou obras que são importantes. Leituras outras, enfim. Para você saber sobre os livros que eu escolhi e me ouvir lendo uns trechos deles e traçando minha trajetória a partir dessas obras e das minhas, ave nossa, apareça hoje, 20 horas, lá no SESC Belenzinho. Veja folder abaixo e divulgue. Espero por você, é claro. A entrada é franca. Fui, sem ir. E aquele superabraço.

content_id[1]

Read Full Post »

Older Posts »

%d blogueiros gostam disto: