Feeds:
Posts
Comentários

Archive for novembro \27\UTC 2014

POEMINHA FEITO PARA FUNCIONAR

*

só funciona contigo

meu carro minha estrada
meu compromisso

o relógio a casa o pulmão
meu fígado

só funciona contigo

o governo as leis os mandatos
o veredito

minha dieta a matéria
e o espírito

só funciona contigo

o movimento o silêncio
o infinito

o que quer que seja
este poema quando lido

só funciona contigo

*

Read Full Post »

POEMINHA PARA AGRADECER

*

agradecer é ser assim
o que se agradece

ao sol ser o sol
à lua ser a lua

o abraço que se recebe
é o que se devolve

duas almas que
se fortalecem

a voz que se ouve
é a voz que se guarda

para a fala de amanhã
a mesma fala

o coração que se ganha
é o que se dá em troca

por isso sempre sobra
o amor o amor o amor

é este que nos guiará
juntos em lugar da dor

*

[ este poeminha acima,
que eu acabei de escrever,
vai para todos e todas
que fizeram a Balada Literária 2014.
Valeu, eternamente,
queridos amigos(as). Devolverei
ao mundo o que recebi
de cada um de vocês.
Ave! Beijabraços e viva
e avante e salve, salve ]

Read Full Post »

A BALADA VAI COMEÇAR

Começa hoje, daqui a pouco, a homenagem a Carolina Maria de Jesus e a Plínio Marcos. Será no Teatro Oficina, 19h30. Com a peça “O Assassinato do Anão do Caralho Grande”, direção de Marcelo Drummond e com o grupo do Oficina e bora embora. A nona edição da Balada Literária vai de hoje até domingo. São várias atrações gratuitas. Para conferir a programação completa, clique aqui em cima. E vamos que vamos. Eta danado. Avante, salve, salve, amém, saravá e aquele superabraço.

Balada2014

Read Full Post »

A Balada Literária começa nesta quarta. E vai até domingo. A nona edição deste evento, feito a duras batalhas, será em homenagem a Plínio Marcos e a Carolina Maria de Jesus. Foi ela, aliás, quem escreveu a frase acima. E você, tem fome de quê? Veja vídeo e espalhe. A produção do vídeo é da SoulArt. Para conferir a programação completa, clique aqui em cima. E apareça. E valeu. E aquelabraço.

Read Full Post »

POEMINHA PARA MANOEL DE BARROS

Manoel de Barros 03

*

o lugar das lesmas
manoel
o lugar dos musgos

o lugar dos cupins
manoel
o lugar do lodo

o lugar dos ciscos
manoel
o lugar dos caramujos

o lugar das pedras
manoel
o lugar dos fossos

seu lugar de descanso
manoel
lá no chão do céu

*

Read Full Post »

A BALADA QUE RESISTE

Já são nove edições da Balada Literária. E sempre parece a primeira. Lá atrás, quando começamos. No ano de 2006. Lembro-me: estiveram Glauco Mattoso, José Miguel Wisnik, Chico César. E tantos outros. Entusiastas de primeira hora. Sem demora. E os parceiros e convidados todos se juntando para celebrar a literatura. Há quem esteja comigo, na luta, desde aquele antigo momento. E, pode não parecer, mas ainda hoje é o mesmo sofrimento. Quase que eu desisto da Balada este ano. Confesso. Porque, mesmo com o nosso histórico, ininterrupto. Mesmo com as centenas de artistas que passaram pela festa. É difícil conseguir patrocínio. No último minuto, conseguimos. E agradeço. A todos e a todas que acreditaram. E acreditam. E auxiliam. E vieram. E vêm nos dar a mão. A mim e aos realizadores dessa produção. Que, de 19 a 23 de novembro, a partir da semana que vem, homenageia a dois guerreiros da literatura brasileira: Carolina Maria de Jesus e Plínio Marcos. Onde eles estiverem, nos iluminarão. Para caminhar em direção aos dez anos. Com a mesma luz, fé, teimosia e determinação. E vamos que vamos. Antes, vale ressaltar. A Balada Literária não seria nada sem a participação de vocês, queridos leitores e leitoras. Divulguem desde já a programação. Gratuita. Cliquem aqui em cima para conhecer. E espalhem entre os amigos e amigas. E é só aparecer. Para a gente, juntos, poder brindar. A um mundo possível. Onde o que importa é fazer sonhar. Salve, salve, amém e saravá!

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: