Feeds:
Posts
Comentários

Archive for janeiro \25\UTC 2016

POEMINHA PARA SÃO PAULO

*

aqui morreu o meu pai
quando eu recebi a notícia
eu já morava na Vila Madalena
e dormi de luzes acesas esperando
o primeiro avião para o Recife

aqui morreu o meu irmão
quando eu recebi a notícia
eu estava em uma universidade
dando uma palestra sobre contos
sem saber como terminar a história

aqui morreu a minha mãe
quando eu recebi a notícia
eu voltava de uma apresentação
uma peça de teatro no centro
meu coração caído sob o viaduto

a cidade em que eu vivo
é a que me mata aos poucos
onde eu peço socorro
o relógio marcando todo dia
a hora da morte dos outros

depois de tudo vem o nascimento
porque são paulo não para
não está nem aí para o abandono
o funeral do esquecimento é aqui
onde mora o próprio tempo

*

 

 

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: