Feeds:
Posts
Comentários

Archive for fevereiro \05\UTC 2015

UM POEMINHA INÉDITO

*

POEMINHA SOBRE
A FALTA DE ÁGUA OU
A FALTA DE AMOR

que rio bonito e caudaloso
e a fonte é rica e os
peixes acesos e floridos

e trouxemos potes
e torneiras e mãos sujas
e patas e pés de esgoto

mijamos covardes
amarelos pela correnteza
e viemos todas e todos

com os pulsos em volta
os muros as usinas
as merdas e os parafusos

dos automóveis os pneus
as camas os sofás levamos
para descansar no leito

agora por hora
tudo é seco e tudo é
pedra e tudo é nada

o rio na curva se compara
a uma natureza morta entre
as águas do passado

feito um gemido um grito
de dor um resto de amor
para sempre afogado

*

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: